Vídeos

Video: Será que já aprendemos a amar?!

Outro dia percebi que, de modo inconsciente, ‘amamos’ as pessoas de acordo com a serventia que elas tem na nossa vida. Gosto de fulano pois ele me faz rir, ou porque ele me ajuda muito, ou pelo carinho que me faz, etc… Mas raramente gostamos das pessoas pelo que elas são em sua essência… Uma essência que apesar de bela, esconde porões, fraquezas e erros, assim como a nossa.Outro dia percebi que, de modo inconsciente, ‘amamos’ as pessoas de acordo com a serventia que elas tem na nossa vida. Gosto de fulano pois ele me faz rir, ou porque ele me ajuda muito, ou pelo carinho que me faz, etc… Mas raramente gostamos das pessoas pelo que elas são em sua essência… Uma essência que apesar de bela, esconde porões, fraquezas e erros, assim como a nossa.

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *