Levante-se

Levante-se

Eu estou aqui para te dizer que aconteça o que tiver que acontecer, eu estarei ao seu lado…

Sei que as dores tem pesado muito sobre os seus ombros. Anda muito cansado, não é?! Para onde quer que vá, você só recebe acusações, exigências e rejeições.

Cobranças.

Talvez isso aconteça porque a gente vive num mundo onde ninguém está muito preocupado com o que se passa no fundo do peito de uma pessoa… Mais vale a roupa de marca, o bom carro, as belas viagens e uma bela conta bancária. Mais valem os títulos, especializações, habilidades e competências.

A alma?! O passado de lutas e dores?! As superações e os fracassos?! Isso pouco importa.

Acho até engraçado, porque atualmente, quando se interessam por alguém, as pessoas apresentam-se de uma forma bastante inusitada: Descrevem sua lista de qualidades profissionais e aquisições, como se isso servisse de passaporte para ser amado…




Pois eu te digo que não, as coisas não funcionam assim. O valor de uma pessoa não se mede por diploma nem por dinheiro, mas sim pela dignidade, pela verdade no sentir. Estou muito mais interessado em pessoas que tem o poder de amar, não o poder de comprar.

Então, meu caro leitor, se por um acaso você foi rejeitado por não atender a qualquer um desses critérios superficiais em se tratando de amor, não se deixe abater. Existe aí dentro de você uma força desconhecida. Os olhos que te julgaram, muito provavelmente, estão profundamente adoecidos, hipnotizados por tudo o que é efêmero e transitório. Você não pode se deixar levar pelas palavras de quem não te conhece completamente.

Enfim, eu desejo do fundo da alma que essas palavras consigam tocar o seu coração de modo que se esqueça do sabor amargo da rejeição. Quero que encontre nessas linhas o abraço que infelizmente não posso dar. Mas quero, acima de tudo, que você aprenda a se erguer todas as vezes que alguém ousar te derrubar. No caminho da vida vamos nos deparar com gente de todo tipo. Gente profissional na arte de dar uma rasteira. Gente que sabe reconhecer nosso ponto fraco, gente que fere sem dó… Talvez seja impossível evitar esses encontros desagradáveis. Talvez seja impossível não cair.

Mas preste bem atenção: Permanecer caído no chão é uma opção sua. Então não faça isso. Opte por continuar a jornada. Essa é a mais digna resposta que você pode dar a quem te julgou como um fraco.

Sempre que, apesar das feridas, um suposto derrotado se ergue, todas as bocas se calam, pois são obrigadas a reconhecer que, na verdade, ele é o mais admirável dos vencedores. Só um vitorioso tem a coragem de se levantar depois de ter suportado a dor de uma queda… Para enfim, recomeçar!


Deixe sua opinião, conte sua história ou seu desabafo nos comentários abaixo, vou respondê-los com todo carinho <3

Leia também esse texto, você vai AMAR com certeza: Será que você está deixando a sua vida passar?

Eu também sou colunista de outros blogs, dá um pulinho lá para conferir: Que Me Transborde / Superela /  Recalculando a Rota.

Hugo Ribas

Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Um comentário em “Levante-se

  • 26 de Maio de 2016 em 02:51
    Permalink

    Sem mais ????????????essa mensagem tocou lá no fundo,na ferida,era o que eu precisava ouvir ❤️

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *