Textos do Hugo

Alguém que te entenda…




Uma vez eu tentei, fui até o fim e me ferrei.

Outra vez eu nem deixei acontecer, preferi pular fora antes de me machucar.

Eu também paguei pra ver, acreditei, e me decepcionei.

Jurei que era de verdade e despois descobri que estava iludido.

Achei também que não ia chorar, mas chorei até a última gota de lágrima.

Decidi colocar um ponto final, mas tudo o que consegui foi colocar inúmeras vírgulas…

Vírgulas doloridas e incertas…

Amei corajosamente, mas também já tive amores covardes e bundões. Amores que preferi esconder até de mim mesmo para não fazer um estrago total na minha vida.

Já dei um passa fora na pessoa certa e dei muitas chances à pessoa errada.

Sou assim, sou todo errado e todo certo ao mesmo tempo. Amo intensamente, mas às vezes tenho medo desse amor imenso que parece explodir aqui dentro.

Tenho saudades dos amores que deixei passar, mas também não tenho vontade de voltar atrás.

Tenho um medo absurdo de cometer os mesmos erros, tenho pavor de sentir aquelas mesmas dores, tenho horror do abandono, da rejeição…

E nessa confusão toda que sinto, sei apenas que ninguém é perfeito. Todo mundo está com o coração cheio de medos, mágoas e carências… Você só quer alguém que te entenda, que te aceite assim como você é, cheio de defeitos e covardias. Alguém que te ame na mesma medida que você quer amar.

É só isso que você quer. É só isso que eu quero. Tão simples e tão difícil.

É foda.

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *