Textos do Hugo

Sua indecisão me confunde…




Você se lembra de como tudo era especial quando a gente se apaixonou?! Na real, para mim ainda é especial. Só que eu me lembro também do exato momento em que você colocou um ponto final na nossa história. Sua incerteza, seu medo e sua covardia construíram um muro imenso entre nós. E agora restam apenas essas lembranças de um tempo que não volta.

O grande problema disso tudo é que você não soube bancar a sua decisão… Sempre que a noite cai, você me liga pra dizer que uma certa música te faz pensar em mim e que tem saudade. Eu me encho de esperança, mas logo depois enxergo a realidade: Você não faz nada pra diminuir essa distância entre nós. Você não vai voltar. No fundo, no fundo, você não tem forças para derrubar o muro que ergueu… Instabilidade não me atrai, sério, eu preciso que você tenha certeza do que quer, ou então vou me afastar definitivamente. Não entenda isso como uma ameaça, mas sim como um último ato de amor próprio, não aguento mais conviver com toda a sua incerteza. Seria muita ilusão da minha parte permanecer aqui achando que um dia você vai mudar de ideia. Eu já vi e já vivi esse filme antes! Sei muito bem como ele acaba e não estou disposto a cair de cara no chão mais uma vez.

Suas incertezas estão matando o meu amor, aos poucos, dia após dia.

Talvez você não saiba o que é amor…

Talvez seja hora de seguir em frente e finalmente abrir o meu coração para um novo amor. Eu quero seguir em frente. Quero acreditar que vou encontrar alguém que queira ficar na minha vida, sem covardias nem indecisões. Sabe, eu mereço ser feliz… Sei que não sou perfeito, tenho meus defeitos assim como todo mundo, mas quero alguém que me ame na mesma medida, nem mais nem menos, alguém que saiba reconhecer o valor que tenho.

Estou virando a nossa página. Minha última esperança morreu, não há nada mais a ser feito. Você perdeu. E eu vou seguir, um pouco sozinho, eu sei… Mas livre para ser amado de verdade.

A história que inspirou este texto foi enviada por uma leitora que não quis se identificar. Se você quiser me me contar sua história, fazer perguntas sobre a vida, o amor ou sobre os nossos sentimentos tão contraditórios, fique à vontade para deixá-la aqui nos comentários… Se não quiser que a sua identidade seja revelada, é só clicar em CONTATO, preencher o formulário, ou então entrar na minha página do Facebook 😉

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

1 thought on “Sua indecisão me confunde…”

  1. Estou a um ano com uma pessoa só saindo e quando eu falo q eu quero algo sério essa pessoa sempre fala q não está preparado ou q está hen seguro mais não comigo em relação a ele e etc não sei mais oq eu faço gosto muito dele. Agora por último passei a virada do ano com ele e uns amigos dele era só casal foi perfeito ele postou foto nosso no Facebook dele pensei q agora sim irria, mais perguntei para ele se algumas pessoa perguntaram para ele se ele estava namorando ele disse q sim q tinham perguntado mais q eu e ele não estávamos namorando ainda. Oq eu faço?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *