Textos do Hugo

Calma, isso é só uma fase

E que fase hein?!

Sei, eu sei que tudo está fora do lugar.

Caramba, nada se encaixa.

E parece que quanto mais você tenta consertar, mais você estraga…

Às vezes a gente faz determinadas escolhas, jurando que tudo vai dar certo, mas de repente a vida passa uma rasteira daquelas.

E a gente fica até sem chão.

Atordoado… Quantas vezes eu me senti atordoado na vida?! Inúmeras!! Para onde quer que eu olhasse, não encontrava uma fagulha de solução. Era uma solidão incômoda e amarga.

Amores desencontrados, vida desarrumada, perdas irreparáveis…

Mas também aprendi a observar o nascer de cada sol, a impetuosidade da chuva, a sombra da noite… Tudo tem seu começo, meio e fim. Nada é para sempre. Cada momento é único e passageiro. Alguns mais longos e arrastados, outros tão rápidos quanto a velocidade da luz.

Isso me fez enxergar a realidade nua e crua: Tudo passa.

Talvez você não esteja na sua melhor fase. Confesso, eu também não estou… Já tive dias melhores, dias de sonhos realizados, expectativas atendidas e futuros promissores. Já tive dias de amor eterno e reciprocidade apaixonante, acredite. Mas hoje, assim como você, estou atravessando uma madrugada meio fria, apesar de estrelada. Meu coração está apertado, estou encolhido num canto, tentando me acostumar com essa doce e poética escuridão, pois sei que ainda vai demorar um pouco para o dia nascer… Posso ver, lá no além do horizonte, um fio mais claro de luz. É a promessa do recomeço.

Mas ainda não é hora…

Agora, exatamente agora, é tempo de curar feridas, digerir dores, e procurar forças que existem dentro de mim.

Talvez você esteja convivendo com uma dolorida saudade… Saudades de alguém que te deixou assim, sem mais nem menos, porque não te amava de verdade. Talvez você tenha perdido um sonho… Talvez você esteja carregando nos ombros um milhão de problemas que nunca se resolvem e só fazem aumentar.

Eu sei… Parece um caminho sem fim.

Mas vai passar. Nada acontece por acaso, e cada fase tem a sua razão de ser. Uma grande dificuldade pode ser também um grande presente da vida, uma oportunidade valiosa de descobrir forças que você nem sequer imaginava ter. Um grande problema pode ser o estímulo perfeito para despertar o seu olhar para novas possibilidades. Chances infinitas de recomeçar de formas diferentes.  Faça da dor um teste  de resistência. Desafie-se. Prepare-se, incansavelmente. Lute. E quando precisar de alguém que te ouça… Eu estarei aqui.

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *