Textos do Hugo

Segue em frente, menina. Não guarde rancores.

Eu sei que virar essa página pode ser um ato muito dolorido, mas é necessário.

Quero que esta mensagem encontre um lugar aí dentro do seu coração e te ajude a se iluminar de novo. Superar esses términos abruptos não é nada fácil, ainda mais quando alguém decide ir embora assim, sem mais nem menos. A gente fica sem chão, né?! Como se estivesse caindo num abismo de saudade e frustração. Tentando encontrar alguma explicação, mas cadê que ela aparece? Vem uma certa raiva, uma mágoa… Um rancor.

É tipo sofrer uma violência.

É dor física mesmo, dentro do peito.

O problema disso tudo é que esses sentimentos funcionam como um veneno. Aos poucos morrem o sorriso, a esperança e o sonho.

Mas sabe, eu acho que você pode escolher superar tudo isso com amor. Certas dores acontecem na nossa vida para que a gente abra um pouco os olhos e enxergue algumas verdades que estavam escancaradas na nossa frente! Com muito cuidado você pode pegar essa desilusão e transformá-la em sabedoria… Como se ela fosse uma semente muito feia e seca, que se bem cultivada, acaba se transformando numa flor muito bela.

O poder dessa escolha você tem. É seu direito vencer esse momento difícil… E por que não tentar?




Agradeça os bons momentos que vocês viveram. Permita-se chorar pelas tristezas que aconteceram. Escute o recado que a vida está tentando te passar durante essa turbulência. E então dê o grande passo à frente.

Simplesmente abra mão de ficar procurando tantos porquês. Nem perca tanto tempo cultivando certos desejos que não vão se realizar…

Abra mão disso tudo que acabou.

Novos dias já começaram e talvez você nem tenha percebido.

Isso já aconteceu tanto comigo… Quantas vezes eu me peguei remoendo histórias passadas e dores que já não faziam mais sentido.

É loucura deixar a vida passar assim, despercebida. Preste muita atenção no dia de hoje, neste momento exato em que você está lendo essa mensagem… Quero que essas poucas palavras sejam o abraço mais apertado que você já ganhou nessa vida. Quero que cada frase te sirva de esperança e coragem para seguir adiante, mesmo que essas tristezas ainda não tenham se curado completamente.

Vai viver essa vida com coragem.

Muitas coisas ainda podem acontecer… Fique atenta, menina.

A história que inspirou este texto foi enviada por uma leitora que não quis se identificar. Se você quiser me me contar sua história, fazer perguntas sobre a vida, o amor ou sobre os nossos sentimentos tão contraditórios, fique à vontade para deixá-la aqui nos comentários… Se não quiser que a sua identidade seja revelada, é só clicar em CONTATO, preencher o formulário, ou então entrar na minha página do Facebook 😉


Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí – SP e mudou-se para São Paulo – SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.7


 

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *