Textos dos colaboradores

Eu mereço alguém que venha para ficar




Acho realmente que eu mereço alguém que venha para ficar.

Não quero alguém que mande mensagem de 15 em 15 dias com o famoso ‘oi sumida’! Quero alguém que me acorde às 3h da manhã, só pra dizer que me ama.

Não preciso de alguém que censure minha roupa, dizendo que está curta, justa demais ou que não me caiu bem. Quero alguém que me aceite até de pijama, e que saiba que essa coisa de ficar horas na frente do espelho realmente não é comigo.

Preciso de alguém que queira almoçar na minha casa nos finais de semana, que dê risada das piadas do meu pai, e que diga que a comida da minha mãe é maravilhosa.

Não preciso ter alguém que saia todo o final de semana e me deixe sozinha, quero alguém parceiro, que entenda que as vezes não quero sair, só quero assistir um filme em casa.

Não preciso de alguém que me critique em tudo o que faço, preciso de alguém que me apoie, que seja sincero, que batalhe junto comigo.

Na minha vida não há espaço para alguém que não me aceita como sou, apenas para quem admire minhas qualidades e aceite meus defeitos, que por sinal são bem maiores.

Preciso de alguém que ache lindo meus quilinhos a mais, que não ache ‘estranho’ minhas estrias, que me chame de fofa, mesmo que isso me deixe brava.

Não quero alguém que critique meus gostos musicais, mas que dance comigo a mesma dança, que cante comigo, mesmo que seja desafinado.

Preciso de alguém que me abrace forte, que me proteja desse medos bobos que às vezes insistem em me assustar, que ria dos meus ciúmes desnecessários, que ature minhas maluquices e meus parafusos a menos.

Preciso de alguém que não se importe com essa minha mania de observar detalhes, como o jeito que ele sorri, como as covinhas da bochecha se mexem quando ele ri alto… Quero alguém que me deixe passar o dia todo acariciando o seu cabelo e que entenda que meu cheiro favorito sempre será o perfume dele.

Espero alguém que não queira ir em lugares chiques e caros, que tope comer um cachorro-quente sentado na calçada mesmo.

Se é pra ter alguém na nossa vida, tem que ser alguém que venha pra somar, pois normalmente todos somem. Se for pra amar alguém, que seja alguém que te dê muito amor também, que te queira todos os dias e não somente em momentos de carência.

Alguém que te queira, inclusive, naqueles dias em que você está mal humorada.

Então, se for aparecer na minha vida para bagunçar meu coração, pode vir, mas fique para me ajudar a colocar tudo no lugar.


 

Bia Civa, 19 anos, mora em Mato Castelhano/RS, canceriana, apaixonada por livros, música e violão, gosta das coisas simples da vida, um abraço apertado, um perfume, um beijo ou até mesmo um aperto de mão.

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *