Textos dos colaboradores

CARTA DO EX PARA O ATUAL




Sei que nesse momento ela deve estar deitada no seu colo,  vocês devem estar assistindo aquele filme que ela adora, como é mesmo o nome? “Como eu era antes de você”, esse né? Ela já assistiu milhões de vezes e todas as vezes ela chora. Você deve estar acariciando o cabelo dela e sentindo o cheirinho maravilhoso que vem dele, esse cheiro ainda está na minha memória.

Ela é tão linda, desculpa falar isso justo pra você, mas hoje eu olho pro passado, pra história que tive com ela e me arrependo tanto, cara eu nunca a fiz feliz… Ela me amava muito… E eu? Eu estava por aí me divertindo, e hoje, hoje eu a amo, mas é tarde porque ela já ama você. Sei que você dá todo o amor e carinho que ela merece, mas por favor a faça feliz, faça ela sorrir de orelha a orelha, compre chocolates e aquela cerveja que ela gosta e apareça na porta dela às 3 da manhã.

Sabe aquela loja que só tem roupas cor de rosa?  Vai lá e compre blusas pra ela, leve uma flor pra ela no trabalho, ela adora girassóis.

Não a deixe sozinha para ir assistir futebol com os amigos, não desmarque um encontro com ela porque tem festinha. Se ela disse que está com saudades de você,  vá correndo encontrá-la, chegue lá e abrace-a muito forte! Ela é o seu mundo cara e você tem o mundo nos braços.  Se vocês brigarem peça desculpas, não vá dormir brigado com ela, não a faça chorar, e jamais levante a voz com ela. Quando estiverem juntos, diga que a ama, que ela é a mulher da sua vida.

Você deve estar se perguntando porque estou escrevendo todas essas coisas para você, certo?! É  porque eu tive a chance de fazê-la feliz por toda a vida e não fiz. Joguei fora a oportunidade de ser amado, de amar. Eu ainda a amo, mas saber que ela está feliz com você é o suficiente para que eu fique bem. Não conte a ela sobre essa carta, simplesmente a faça bem, simplesmente a ame, simplesmente faça tudo que eu não fiz.

Faça ela feliz…


Bia Civa, 19 anos, mora em Mato Castelhano/RS, canceriana, apaixonada por livros, música e violão, gosta das coisas simples da vida, um abraço apertado, um perfume, um beijo ou até mesmo um aperto de mão.


 

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *