Textos do Hugo

Não se encante com promessas. Apaixone-se por atitudes.

Não se encante com promessas. Apaixone-se por atitudes.

E mesmo assim, desconfie das atitudes antes de se entregar completamente.

Essa visão pode parecer meio negativa, mas não é não, são pensamentos e conclusões de quem já viveu muito, amou demais e aprendeu com as decepções que encontrou pelo caminho.

Aprendi que a minha confiança é como um tesouro que deve ficar muito bem guardado, protegido e escondido. Não foi nada fácil aprender essa lição, tive que levar muita surra da vida para finalmente abrir os olhos. Houve o tempo em que meia dúzia de palavras bonitas eram o suficiente para me encantar.

Confiança é algo a ser conquistado diariamente, através de muitas atitudes, cumplicidade e convivência. Confiança é um castelo construído lentamente… E essa construção leva muito tempo para ficar pronta. Hoje, quando olho para trás, eu percebo que vendi a minha confiança por um preço baixo demais… Eu me desvalorizei. E quem é que se fodeu no final?!

Entendi que nem todo mundo é sincero. Por trás de um belo gesto, pode existir uma cretina intenção… Então não me deixo mais levar assim com tanta facilidade. Confundiram o amor com brincadeira, esse é o grande problema. Enquanto alguns estão se apaixonando, muitos estão brincando… Já esbarrei em pessoas que prometiam demais e cumpriam “demenos”.

Já me envolvi com pessoas que cumpriam as promessas feitas com o único objetivo de brincar… Essas são as mais perigosas. Sendo mais claro: O objetivo era me fazer de trouxa. Não existia amor, não tinha paixão, não havia respeito algum. Quem é que se fodeu no final?!




Saquei que até mesmo a sinceridade pode ser utilizada como um grande artifício de manipulação. Quem aqui nunca se envolveu com alguém que dizia: “Olha, não estou pronto para uma relação, não quero te prometer nada. acho melhor irmos com calma, não quero te iludir. Vamos nos conhecer e ver no que dá, eu gosto muito de você e não quero te machucar, por isso não vou assumir nada sem ter certeza.” Pessoas que dizem isso estão te prometendo alguma coisa?! É claro que não.

Aparentemente, pessoas assim estão sendo bem sinceras… Mas no fundo sabemos que não é bem assim. A verdade é que eles sabem muito bem que você está totalmente envolvido, que está criando mil ilusões na sua cabeça e que você está se apaixonando mais e mais a cada novo encontro… Afinal de contas, se ele diz que tem saudade, que gosta de você, que você é especial… Tem como não vai ficar mexido?! Quem é que não vai se iludir, achando que mais cedo ou mais tarde ele se envolverá também?! Enfim… Quem é que se fode no final?!

Resumindo: Uma pequena frase de afeto pode soar como uma grande promessa para quem está apaixonado. É importante que haja responsabilidade emocional. Um simples ato pode demolir castelos inteiros de confiança. Eu diria que para reconstruí-los é preciso um esforço tremendo… É praticamente impossível. Confiança perdida é confiança morta…

Então eu repito: Não se encante com promessas. Apaixone-se por atitudes… E mesmo assim desconfie antes de se entregar completamente. Atitudes também mentem.


Se você gostou desse texto, com certeza você vai AMAR este aqui: Eu não me fechei, apenas mudei

Eu também sou colunista de outros blogs, dá um pulinho lá para conferir: Que Me Transborde e Recalculando a Rota.

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *