Textos dos colaboradores

É preciso estar preparado para a felicidade!




Vai chegar o dia em que isso tudo vai passar.
Vai chegar o dia em que você simplesmente vai acordar, rolar para um lado, levantar da cama com aquela camiseta velha preferida, se espreguiçar e quando estiver se olhando no espelho do banheiro, vai se achar a pessoa mais linda do mundo.
Não tente controlar como isso vai acontecer, ou quando. Essas coisas simplesmente acontecem. Limpe a casa todos os dias, arrume-se, penteie os cabelos e escolha a melhor roupa sempre. Um dia, quando você menos esperar, ela estará ali, na sua frente – a tão esperada felicidade.
Mas não se afobe, a felicidade é como um passarinho arisco, uma visita desconfiada. Simplesmente permita que ela descanse a sua mão em teu ombro e, como se fossem velhos amigos, troquem confidencias e até coisas bobas. Não espere que esse momento seja maior do que ele é, você certamente jamais terá noção do quanto ele é maior do que qualquer coisa que possa imaginar.
E, assim, quando ela tiver ido embora, você poderá guardar a lembrança numa caixinha, como uma relíquia. Não se preocupe, chegará outro dia em que você poderá novamente olhá-la olho no olho e continuar de onde pararam, como se o tempo nunca tivesse passado. Mas para isso, é preciso praticar essa reação todos os dias, em todos os encontros, até mesmo nos encontros com você mesmo!

Matheus Miranda é um vagalume que se propôs a ser ele mesmo, mesmo sabendo que a busca por si mesmo é sempre algo constante e mutável. Apaixonado pela escrita é membro idealizador do blog SER E SÓ. Leonino com a lua em virgem, estudou  Logística além de viajar apaixonadamente pelo comércio exterior, e por projetos com processos criativos e de co-criação. Entende que entre livros, vinhos e pessoas está o supra sumo do universo e o que vem em seguida disso é de regalo extra da maravilhosa vida.

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *