Textos dos colaboradores

Ela não é como as outras

Não pense que ela vai ser mais uma pra você.

Pense bem antes de entrar nessa, ela faz um estrago enorme e não se responsabiliza pelos danos.

Ela não espera pelo príncipe encantado!

Nas histórias, ao invés de donzela em perigo, ela é a dona do castelo, do dragão e de todo o resto. Você não vai chegar, fazer sua bagunça e sair sem deixar recado.

Pode não parecer, mas ela sabe muito bem onde pisa.

Na manhã que tu decidiu partir, ela já tinha ajeitado a vida, reorganizado a rota e estava tomando um vinho caro na sacada tranquila.

E na porta o bilhete já dizia: “Deixa a chave na maçaneta, não volte, cansei de você , não precisa se despedir e me esqueça.”

 Nas mãos, ao invés de uma bolsa de marca, uma bebida gelada.

Não é sempre que usa saltos… Prefere o conforto do tênis rasgado.

Com o coração tranquilo, um óculos escuros e a cabeça na estrada, está sempre procurando um lugar novo e sempre o encontra.

Faz amigos por onde passa, mas não cria raizes, nem mesmo nas amizades. Gosta de ser livre, sozinha, desapegada, é toda liberdade.




Se precisar dela estará sempre à disposição, mas se ela te procurar, a responsa é grande, não vacila.

Ela é blindada! Não é pra qualquer um que entrega seu coração.

Ela sabe ser exatamente a pessoa que você precisa ter ao lado, nos dias bons e ruins , nas horas de aconselhar e dizendo a verdade.

Se ela te ama, te ama muito, mas, se deixar de gostar não há nada no mundo que a faça mudar de ideia.

Com ela é 8 ou 80, mulher intensa, sempre soube o que quer.

Sabe ser linda de chinelo à salto quinze, de shorts jeans, camisa maior que seu tamanho à um tubinho vermelho de tirar o fôlego de qualquer marmanjo.

Pra ficar com ela tem que entender que ela possui esses dois lados, e não tem medo, nem vergonha de usá-los.

Tem que saber apreciar os dois, como um companheiro e bom namorado. 

Tem que entender que ela vai te acompanhar por onde for, mas que ela tem seus próprios caminhos. E se você não for junto por espontânea vontade, ela não vai te chamar, você ficará sozinho.

Quem a conhece não a esquece jamais, mulher decidida! Determinada mesmo nos momentos difíceis que a vida traz.

Na vida, vezes erra e vezes acerta, mas sempre assume o que a vida lhe devolver em troca de suas escolhas corajosas.

Ela é única do jeito dela, mulher maravilhosa.


Viviane de Oliveira Teixeira, mora em Ubá, interior de Minas Gerais. 
Transfere para o papel tudo o que lhe inspira e lhe incomoda, sempre compartilhando com as pessoas, refletindo e buscando aprender cada vez mais.

Se você quiser fazer perguntas sobre a vida, o amor, sobre os nossos sentimentos tão contraditórios ou se quiser que sua história se transforme em textos aqui do blog, fique à vontade para deixá-la aqui nos comentários… Se não quiser que a sua identidade seja revelada, é só clicar em CONTATO, preencher o formulário, ou então deixar uma mensagem na página do Facebook 😉
The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *