Textos dos colaboradores

Escrevo a ti, coração




O que deveria falar não sei ao certo, nunca sei exatamente o que dizer quando penso demais… As palavras costumam fluir naturalmente quando menos espero, sabes disso melhor que ninguém. Quantas vezes compartilhei contigo a dor que não cabia mais em mim ou toda a felicidade que me tomou inúmeras vezes.

Durante todo esse tempo compartilhamos tudo… Esse tempo transformou tudo aquilo que tanto me tomou a mente em toda minha vida, em algo real, que posso sentir.

Você foi um suporte quando eu não podia mais aguentar nada. Quando cheguei ao meu limite, você estava presente tentando me ajudar de inúmeras formas, tentando me entender e eu, ao mesmo tempo, tentava fazer o mesmo quanto a ti. Foram esses momentos que me fizeram perceber o quanto um significava para o outro, que realmente estaríamos juntos em tudo, apesar dos pesares. Passamos por momentos tortuosos, mas como disse: PASSAMOS! NÓS! Nunca eu ou você.

Sempre soubemos que não seria fácil, afinal nunca é, só que toda a dificuldade se torna tão mais fácil junto a ti. Nada disso parece relevante, muito menos algo novo, que nunca tenha dito a ti, mas no final das contas, eu sempre penso em escrever a ti, coração, escrever tudo aquilo que quis te falar todos os dias que estivemos juntos, pois tomaste minha cabeça antes mesmo de meu peito, que é o lugar que a ti pertence.


Alex Jezuino de Barros, 20 anos, sagitariano, nasceu em Conchal, interior de São Paulo e atualmente mora na cidade de São Paulo, onde cursa Têxtil e Moda na EACH USP; gosta de ler, músicas de todos os estilos, séries e filmes diversos.


Se você quiser fazer perguntas sobre a vida, o amor, sobre os nossos sentimentos tão contraditórios ou se quiser que sua história se transforme em textos aqui do blog, fique à vontade para deixá-la aqui nos comentários… Se não quiser que a sua identidade seja revelada, é só clicar em CONTATO, preencher o formulário, ou então deixar uma mensagem na nossa página do Facebook 😉

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *