Textos dos colaboradores

A vida retribui

Sabe o que é esperança? Esperança é saber que mesmo depois de uma tempestade com trovões e arvores caídas pelo caminho, o sol voltará a brilhar e novas árvores brotarão com o orvalho da manhã seguinte.

Na vida passamos por momentos em que só conseguimos ver destruição, destroços e dentre eles nossos pedaços.

Eu sei como se sente, vi meu mundo ruir mais de mil vezes… E vi outras mil e uma esse mesmo mundo florescer sempre de dentro pra fora.

A gente precisa aprender que dias bons só existem porque passamos pelos ruins, aprendemos a diferenciar um do outro e a dar a cada um deles seu devido valor.

Os dias ruins ensinam, fortalecem e trazem a verdade para nossas vidas, os dias bons, ah! esses são a essência da nossa existência.




Não fique parada entre os destroços, levante-se, junte o que restou e recomece sempre.

Ser forte, carregar o bem e se permitir florescer de novo e de novo faz com que seu mundo gire, se aperfeiçoe… E o simples fato de você não desistir de você, do seu mundo, das pessoas e da vida faz de você uma pessoa muito especial.

Vamos recomeçar? Seja no amor, nos projetos, nas entrelinhas.

Não pare de acreditar que as coisas vão melhorar porque elas vão, e você tem que preparar seu melhor sorriso pra quando elas acontecerem.

Se algo não deu certo, é porque algo melhor espera por você logo ali, permita-se recomeçar, e acreditar.

Somos caixas de sentimentos, cultive o que for bom e aprenda com o que não for.

Somente assim poderá florescer por onde passar, com a alma e o coração leve, sempre de dentro pra fora, sendo luz aonde quer que vá.

Não deixe que tirem sua paz, transmita sua paz aos outros.

E para as vozes que insistem em dizer que não vai dar certo, ensine que as probabilidades de dar certo são tão reais quanto as de darem errado, o que fará a diferença será sua Fé.

Permita-se recomeçar, permita-se viver.

Você vai ver, quando começar a florescer, a vida retribui.


Viviane de Oliveira Teixeira, mora em Ubá, interior de Minas Gerais. 
Transfere para o papel tudo o que lhe inspira e lhe incomoda, sempre compartilhando com as pessoas, refletindo e buscando aprender cada vez mais.

Se você quiser fazer perguntas sobre a vida, o amor, sobre os nossos sentimentos tão contraditórios ou se quiser que sua história se transforme em textos aqui do blog, fique à vontade para deixá-la aqui nos comentários… Se não quiser que a sua identidade seja revelada, é só clicar em CONTATO, preencher o formulário, ou então deixar uma mensagem na página do Facebook 😉
The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *