Textos dos colaboradores

UMA HORA OU OUTRA VOCÊ VAI SENTIR SAUDADES DE MIM

Às vezes bate uma vontade louca de te chamar, perguntar como está sua vida, se está estudando e como foi o seu dia de trabalho.  Mas aí eu lembro que vi uma foto sua na balada e percebi que na sua vida de solteiro só há espaço para quem te acompanhe nas festinhas e bebidas.

Fico aqui pensando, aonde foi parar o menino por quem me apaixonei? Porque você já não é mais esse menino.

Aonde está o sorriso que me conquistou em um passe de mágica? O homem que você se tornou não me chama mais a atenção… Homens iguais a você existem milhares nas noites e festas… E homens assim não me atraem.




Desculpa perguntar, mas você já parou para pensar que um dia a vida de farras  cansa? Você vai sentir falta de um colo para deitar depois que chegar cansado do trabalho, vai sentir falta de alguém debaixo das cobertas te esperando para te abraçar, vai sentir falta daquele café e das bolachinhas de mel. Vai sentir falta do cheiro do cabelo molhado, do som da risada, vai se sentir sozinho. E aí meu bem,  talvez eu já não esteja mais te esperando, talvez eu tenha feito minha vida,  talvez eu nem lembre mais de você.

Você vai sentir falta de mim, aquela garota sempre preocupada com sua alimentação, a que era chata e brigava com suas roupas espalhadas pela casa, a mesma que tinha cheiro de flor… Você vai procurar meu cheiro, vai encontrar outras flores, mas sinto informar que eu já não estarei mais em seu jardim.

Um dia iremos nos encontrar por aí,  você irá sentir meu perfume novamente, mas ele estará em outra blusa, misturado em outro perfume.  E eu? Eu estarei feliz e espero que você também esteja, porque no meu coração não há espaço para mágoa. No meu coração não haverá mais espaço para você, pois o vazio que você deixou, outro alguém ocupou.


Bia Civa, 19 anos, mora em Mato Castelhano/RS, canceriana, apaixonada por livros, música e violão, gosta das coisas simples da vida, um abraço apertado, um perfume, um beijo ou até mesmo um aperto de mão.


Se você quiser fazer perguntas sobre a vida, o amor, sobre os nossos sentimentos tão contraditórios ou se quiser que sua história se transforme em textos aqui do blog, fique à vontade para deixá-la aqui nos comentários… Se não quiser que a sua identidade seja revelada, é só clicar em CONTATO, preencher o formulário, ou então deixar uma mensagem na nossa página do Facebook 😉
The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *