Textos dos colaboradores

As pessoas vão te deixar marcas

Viver simplesmente por viver é um saco, não temos motivações, incentivos para continuar a querer respirar o ar poluído da metrópole onde vivemos. Nem sempre é culpa dos outros, às vezes não nos encaixamos com o estilo de vida que os outros têm, e tudo se complica…
O mundo fica negro, preto no branco, branco no preto. As árvores perdem a vida, os animais só estão ali para matar uns aos outros, os homens se destroem e ninguém se ama nesse planeta prestes a morrer.
Então você está andando no pátio do colégio, ou na rua,ou na livraria onde vai todo mês gastar seu salário ou apenas navegando na internet e alguém vem falar com você; te contar alguma fofoca, um recado da diretoria ou contar uma notícia tão triste que você nunca imaginou ser possível existir.
Tudo tem início ai: as pessoas nos parecem más, porém com o tempo elas viram algo bom… você vai se encaixando e seu amigo novo te ajuda a entender o mundo que está a sua volta.
As cores parecem menos negras e mais laranjas, verdes, azuis, rosas e vermelhas… As árvores passam a respirar um novo sopro, os animais dão à luz a filhotes e os homens parecem sorrir e serem corteses uns com os outros.
Tudo muda quando alguém vem falar com você no início do dia perguntando se dormiu bem ou se está mal-humorado.




Existem pessoas que têm coragem de chegar e dizer tudo o que sentem na cara, e existe gente, como eu, que não consegue nem tomar a iniciativa de dizer aquele “Oi!” , mas são essas diferenças entre as pessoas que as fazem escrever suas histórias e a colorir o mundo com o lápis de cor “arco-íris”.
As pessoas podem e vão te marcar do jeito que elas são, e você vai se impressionar com a humanidade que encontrará dentro de si mesmo.
Viver é algo maravilhoso, e não precisamos desistir disso.
Existem pessoas que me fazem querer ficar aqui até o último segundo, sem me arrepender. Existe alguém assim para você??
Se não…. bem, se não tem ninguém com uma caixa de lápis de cor para colorir seu dia, eu simplesmente te digo para levantar da mureta, da cadeira onde fica constantemente sentado e vá ali falar com a menina de cabelos ruivos que está lendo aquele livro com capa azul, vá falar com aquele menino com fones de ouvido sozinho no canto do pátio ou vá comentar um livro com o vendedor da livraria.
Vai ver que essas pessoas te ajudam a escrever a sua história com início, meio e fim. Todos com cores estonteantes!

 


Tiffany Guimaraes paulistana, dona do blog Mundo Aleatório; Ama a leitura e a escrita desde que aprendeu a ler. Apaixonada por animais e poemas, sonha em cursar Jornalismo.


 Se você quiser fazer perguntas sobre a vida, o amor, sobre os nossos sentimentos tão contraditórios ou se quiser que sua história se transforme em textos aqui do blog, fique à vontade para deixá-la aqui nos comentários… Se não quiser que a sua identidade seja revelada, é só clicar em CONTATO, preencher o formulário, ou então deixar uma mensagem na nossa página do Facebook 😉
The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *