Textos dos colaboradores

Por enquanto ela não quer mais amar

Não, ela não duvida do amor e das coisas boas que ele pode trazer pra sua vida, ela não desistiu de encontrar alguém bacana pra fazer coisas legais juntos. Ela não decidiu não mais amar, ela só precisa de um tempo. Precisa organizar o coração e seus pensamentos, afinal de contas foram muitas coisas até aqui. Foram tantas decepções que agora ficará um pouco mais difícil se entregar de novo, mas isso não será para sempre.

Ela não desistiu de viver uma linda história nem muito menos abandonou a ideia de ser feliz. Ela apenas cansou. Cansou de conhecer e desconhecer pessoas, assim como num passe de mágica. Agora ela acha chato ficar perguntando sobre gostos, tornou-se chato conhecer o mundo do outro, seus sonhos, seus sentimentos. Ela cansou de ter que entrar no mundo do outro e mostrar um pouco do seu.




Ela não desistiu de seus sonhos, não desistiu de acreditar que um dia tudo isso vai mudar, mas por enquanto ela não quer gostar de ninguém. Seu coração cansou de abrigar pessoas que ficam alí só por algum tempo e depois vão embora. Ela cansou de despedidas, cansou de dedicar coisas boas a alguém e depois sofrer. Não, o coração dela não virou gelo e ela não prometeu pra si mesma que nunca mais vai amar de novo, mas neste momento ela quer deixar ele quietinho. É que depois de tantas quedas e tristezas, o coração dela precisa de descanso, de paz, de não pulsar tão desesperado por alguém.

Ela está cansada de buscar respostas, de buscar saídas, de encontrar os erros, de esquecer conversas e momentos e precisar sempre seguir. Ela está cansada de em todo final precisar recomeçar. Ela não abandonou seu sorriso doce e sua poesia, ela apenas abandonou a busca por um amor.

Ela sabe que um dia isso tudo vai passar e ela vai se permitir conhecer alguém de novo, dizer sim novamente, abrir seu coração outra vez, mas enquanto isso não acontece ela só quer paz e silêncio dentro da alma.

Mas enquanto esse dia não chega, ela vai pensando em outras coisas, vai cuidando da sua vida, sem pensar em se apaixonar de novo. E quando isso acontecer, você verá uma mulher mais inteira e mais entregue do que nunca. Porque ela…ah ela nunca desistiu do amor, só parou de amar um pouquinho.​


Gisele Ribeiro, Gaúcha – Gremista – Escorpiana. Jornalista e Relações Públicas, mora em Caxias do Sul, RS. Apaixonada por livros, música, poesia, chimarrão e cachorro. As coisas simples a encantam e as palavras a transbordam.


Se você quiser fazer perguntas sobre a vida, o amor, sobre os nossos sentimentos tão contraditórios ou se quiser que sua história se transforme em textos aqui do blog, fique à vontade para deixá-la aqui nos comentários… Se não quiser que a sua identidade seja revelada, é só clicar em CONTATO, preencher o formulário, ou então deixar uma mensagem na página do Facebook 😉


Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí – SP e mudou-se para São Paulo – SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt. Foi premiado em 5º lugar no XV Concurso Literário JI / AEPTI, na categoria Contos e Crônicas.

Entre em contato: ribashugo@hotmail.com

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *