Textos dos colaboradores

Eu não vou pensar nele

“You get hear me now?”- Alok
Novamente estou aqui para dizer tudo de novo, mas desta vez não vou falar de amor, de perda, de dor ou de coisas que todos dizem.
Muitas pessoas dizem que só nos damos conta da perda quando ela já se foi e está do outro lado da cidade.
Bem, agora foi diferente.
Estando em outro estado eu percebi de uma coisa: a paisagem muda, seus pensamentos também.
Numa paisagem como esta: árvores, ruas, monumentos, passeios, músicas; é muito difícil se perder em pensamentos para alguém que não te valorizou.
É muito complicado não?
Mas eu sei que quando voltar para o meu estado de origem, eu vou me lembrar daquela pessoa que se afastou de mim.
Isso porque eu tomei uma decisão: permitir esses pensamentos.




Quando você visita outros lugares, você quer conhecer os pontos turísticos, os restaurantes, as pessoas e tudo mais.
Você simplesmente esquece da pessoa; não tem tempo, e isso na maior parte das vezes é muito bom.
Você sente-se mais leve, já experimentou?
Aqui, onde estou agora, não vou pensar nele. Não vou pensar em como ele me apunhalou pelas costas, ou de como ele me trocou pela nova amiguinha.
Aqui, eu vou pensar em coisas boas! Conhecer novas pessoas, novos lugares. Porque eu sei que lá onde ele está, ele não pensa em mim.
Eu escolhi viver em favor de alguém melhor que ele, eu resolvi viver em favor de mim.
E concluo que só se sabe que perdeu quando se está no local em que você perdeu aquilo.
Porque quando você viaja, você se descobre novas coisas, vê novos lugares e novas coisas.
You get hear me now?
Consegue? Então experimente passar os seus dias em lugares novos com novas pessoas.
Respirando um novo ar, para você ver como vai esquecer aquela pessoa que te magoou.
Então meu caro leitor, coloque sua música no som mais alto e aproveite.
Uma nova era nasce em sua vida agora.

Tiffany Guimaraes paulistana, dona do blog Mundo Aleatório; Ama a leitura e a escrita desde que aprendeu a ler. Apaixonada por animais e poemas, sonha em cursar Jornalismo.


 Se você quiser fazer perguntas sobre a vida, o amor, sobre os nossos sentimentos tão contraditórios ou se quiser que sua história se transforme em textos aqui do blog, fique à vontade para deixá-la aqui nos comentários… Se não quiser que a sua identidade seja revelada, é só clicar em CONTATO, preencher o formulário, ou então deixar uma mensagem na nossa página do Facebook 😉
The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *