Textos dos colaboradores

Fumaça




Em um quarto cheio de fumaça eu me perdi
Em um quarto cheio de fumaça…
Em um quarto cheio de fumaça vejo silhuetas
Mas não consigo encontrar ninguém
Ouço suas vozes, mas quando eu grito parecem não me ouvir
Todos esbarram em mim
Todos me tocam
Mas eu estou sozinho, em um quarto cheio de fumaça

As paredes parecem não ter fim
O chão parece se abrir
O teto desapareceu
Não há janelas
Apenas três portas, mas nenhuma chave
Três portas me prendem em um quarto
Um quarto que não sei como cheguei
Um quarto cheio de fumaça
Um quarto cheio de rostos borrados
Um quarto cheio de silhuetas esquecidas
Um quarto no qual não posso descansar

Por que ninguém aparece para me tirar daqui?
Onde estão todas essas silhuetas?
Onde estão todos que um dia me rodearam?
A solitude foi minha escolha,
Mas foi apenas para mascarar a solidão

Esse quarto é tudo aquilo que eu sou
É meu lado oculto a todos aqueles que me rodeiam
Essa fumaça são todos os meus medos
Três portas fechadas são todos os caminhos não seguidos por receio
Todos os rostos e silhuetas são aqueles que estão ao meu lado
E ao mesmo tempo não estão

Eu estou preso em um quarto cheio de fumaça
Em um quarto cheio de fumaça
Eu estou preso


Alex Jezuino de Barros, 20 anos, sagitariano, nasceu em Conchal, interior de São Paulo e atualmente mora na cidade de São Paulo, onde cursa Têxtil e Moda na EACH USP; gosta de ler, músicas de todos os estilos, séries e filmes diversos.


Se você quiser fazer perguntas sobre a vida, o amor, sobre os nossos sentimentos tão contraditórios ou se quiser que sua história se transforme em textos aqui do blog, fique à vontade para deixá-la aqui nos comentários… Se não quiser que a sua identidade seja revelada, é só clicar em CONTATO, preencher o formulário, ou então deixar uma mensagem na nossa página do Facebook 😉


Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí – SP e mudou-se para São Paulo – SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt. Foi premiado em 5º lugar no XV Concurso Literário JI / AEPTI, na categoria Contos e Crônicas.

Entre em contato: ribashugo@hotmail.com

The following two tabs change content below.
Hugo Ribas é pisciano, escritor, leitor e também uma metamorfose ambulante. Criador deste blog e colunista do blog Que Me Transborde, adora se perder em sentimentos escritos e nem sempre consegue se encontrar em suas próprias palavras. Personagens, narrador e pensamentos se fundem num texto só. Nasceu em Jundiaí - SP e mudou-se para São Paulo - SP aos 16 anos, onde se formou em Design Gráfico e cursou teatro pelo Teatro Escola Macunaima. Apresentou peças de Gianfrancesco Guarnieri e Friedrich Dürrenmatt.

Latest posts by Hugo Ribas (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *