hugo ribas voce combina perfeitamente
Textos dos colaboradores

Você combina perfeitamente com a bagunça do meu coração

Você combina perfeitamente com a bagunça do meu coração…

Talvez eu devesse ter parado e te dito “você quer mesmo me amar?”. Porque eu sou bem complicada sabe, costumo sentir as coisas demais, eu amo demais e guardo tudo. Não consigo nem disfarçar a cara de brava, guardo sorrisos e cada piscada do teu olhar. Você é tipo aquela espuma do café. O café meio que não tem graça sem a espuma, eu meio que não tenho graça sem você.

Eu meio que sou melhor com o som do seu riso na minha orelha ou aquele beijo molhado no canto da minha boca.
Eu me sinto mais segura com o aperto dos seus abraços e com aquele cheirinho do seu perfume que fica na minha cama. Mas ainda assim, me pergunto justamente se você tem certeza que quer me amar, sabe. Eu sou bem confusa, muito mais que o vento que faz as ondas do mar se agitarem. Mudo de humor muito fácil. Em um minuto sou leve como um dia de verão e no outro estou igual aqueles dias com chuva forte… Dias em que não há nada que se possa fazer.

Você pode desistir de mim. Ou pode confirmar as minhas suspeitas de que é o cara ideal e insistir, vir bagunçar mais ainda essa minha bagunça. Eu não me importo muito com toalhas molhadas na cama. Não me importo com as meias sujas que você vai deixar jogadas pelo quarto, ou das xícaras com meio café na pia.




Eu não me importo que você deixe a pasta de dente fora do lugar… Ou que roube minhas cobertas durante a noite. Tenho certeza que você não vai ligar se eu te chutar a noite inteira sem pensar. Eu não me importo com os tênis que vou ter que procurar, nem com aqueles dias que você vai se atrasar. Eu nem mesmo me importo de você assistir o futebol.

Vou me importar em ter você… E se pra ter você eu tiver que juntar nossas bagunças, tudo bem, a casa tem mais espaço para suas roupas sim. Meu coração tem espaço para você, para você e para todas as suas meias sem par certo. Eu não me importaria se você chegasse com flores um dia. Não que eu não quisesse, mas eu não vou te pedir isso, você vai ter que adivinhar.

Adivinhe também que gosto de rosas, mas que prefiro girassóis. Naqueles dias frios vamos sentar no sofá com aquele meu cobertor velho. Vamos tomar chocolate quente ou café como eu sei que você vai preferir. Vamos assistir 5 minutos do seu jogo até eu te convencer de ver o filme meloso pela vigésima vez em uma semana. Você vai gostar e vai dizer que eu estava certa. Assim como eu disse que você ficava lindo com uma meia azul e a outra vermelha. Com tanto amor, eu nem me importaria que você estivesse de pé no chão me fazendo cosquinhas.

Eu só quero você, só você mesmo.

E se o amor da minha vida insiste em vir com meias diferentes, ótimo, porque acho que na minha gaveta tem o par certo pra elas.


Leia também esse texto, você vai AMAR com certeza: Entre tantos sorrisos você escolheu o meu

Saiba um pouco mais a respeito da Bia Civa clicando aqui.

Eu também sou colunista de outros blogs, dá um pulinho lá para conferir: Que Me Transborde / Superela /  Recalculando a Rota.

The following two tabs change content below.

Bia Civa

Bia Civa, 19 anos, mora em Mato Castelhano/RS, canceriana, apaixonada por livros, música e violão, gosta das coisas simples da vida, um abraço apertado, um perfume, um beijo ou até mesmo um aperto de mão.

Latest posts by Bia Civa (see all)

Comments

comments

2 thoughts on “Você combina perfeitamente com a bagunça do meu coração”

Comments are closed.