hugo ribas texto para o menino que me magoou
Textos dos colaboradores

Texto para o menino que me magoou

Texto para o menino que me magoou…

Talvez ela tenha mesmo essa mania de depositar amor demais nas pessoas. Ela tem essa mania absurda de acreditar demais, ir atrás demais, falar sobre amor e acreditar demais em pessoas que talvez não merecessem um só tiquinho de tudo que ela ofereceu.

Talvez ela tenha acreditado naquele garoto que disse que ia mudar. Ele jurou não magoá-la mais. Ele se ajoelhou na sua frente e prometeu jamais contar uma mentira. Mal sabia ela que naquele instante ele já mentia.

Ela me contou tudo sobre ele. Disse que ele tinha brilho nos olhos e palavras fofas que a encantaram, exatamente como na primeira vez em que estiveram juntos. Mas depois que ele a magoou, ela passou a acreditar que as vezes as pessoas não pensam muito no sentimento dos outros. Ali ela viu que ele não tinha mudado nada, e que isso não era o que ela queria.

Por mais que o amasse ainda, ela preferia dar chance a um novo amor. Ela não pretendia repetir o mesmo erro. Sim aquele mesmo erro: Conversar, perdoar, se apegar, amar e depois ser abandonada.

Então ele sumiu do nada. Continuava ali pelas redes sociais mas deixou ela pra lá, visualizou e não respondeu. Bloqueou, excluiu, mas ela descobriu o amor próprio e se protegeu desse falso amor.




A verdade é que ela também já tinha “deixado ele pra lá”. Ela pegou todo o amor que ele jurava ter para dar e jogou fora, assim mesmo. Ela não sorriu ao fazer isso. Chegou a pensar que ele poderia ter mudado, não só por ela, mas principalmente por ele, pois deve ser muito triste ser alguém que gosta de magoar as pessoas com palavras e atitudes imaturas. Mas é claro que ele não tinha mudado!

Tenho pena desse menino, porque agora ela sabe exatamente o que quer… E ele não é o tipo de cara que ela procura, pode ter certeza.

Muito antes de magoar alguém, pense. Pense que aquela pessoa pode ser alguém legal. Pense que aquele alguém pode sim ter tudo de melhor a oferecer. Não a culpe por você ser assim, se quer tanto um amor, aproxime-se de mansinho e com calma. Amor não é algo seu, não é uma propriedade, nem muito menos algo que você pode descartar assim como uma bolinha de papel.

O amor deixa você errar, contanto que você queira acertar da próxima vez. O amor é bom, seja bom com ele também. Acredite que cada um nesse mundo tem um pouco. Acredite que você também tem, acredite que em tudo que você olha tem amor. Desde uma simples brisa de verão a um abraço apertado. E sabe de uma coisa? Pode parecer muito clichê isso, mas quanto mais amor melhor, quanto mais amor, mais pessoas sorrindo, mais abraços apertados e mais beijos apaixonados.

Quer experimentar o amor? Comece se amando mais, e amando as pessoas mais, inclusive as que te magoaram.
Portanto, menino que me magoou, eu te desejo amor, muito mais do que o que você me ofereceu.


Leia também esse texto, você vai AMAR com certeza: Quando se ama alguém

Saiba um pouco mais a respeito da Bia Civa clicando aqui.

Eu também sou colunista de outros blogs, dá um pulinho lá para conferir: Que Me Transborde / Superela /  Recalculando a Rota.

The following two tabs change content below.

Bia Civa

Bia Civa, 19 anos, mora em Mato Castelhano/RS, canceriana, apaixonada por livros, música e violão, gosta das coisas simples da vida, um abraço apertado, um perfume, um beijo ou até mesmo um aperto de mão.

Latest posts by Bia Civa (see all)

Comments

comments