hugo ribas Vou esquecer de tudo o que senti por voce
Textos dos colaboradores

Vou esquecer de tudo o que senti por você

Vou esquecer de tudo o que senti…

Essa é a minha última carta pra você, e depois dela vou esquecer definitivamente o melhor sentimento que um dia senti… Foi o melhor sentimento de todos!!!! Sim, de todos.

Eu me lembro muito bem quando o senti, ele veio rasteiro para me abraçar junto com seu dono. Você me olhou, sorrindo, e caminhou até minha atmosfera, minha música pareceu parar…. Parou com um simples sorriso. Eu não escutava nada enquanto olhava seu pequeno universo.

Você me abraçou cuidadosamente. Sufocando meu corpo, eu senti ele vindo… Um sentimento tão brando e violento, tão calmo e turbulento; tão você e eu.

Eu senti o amor? Eu senti a paixão? Dou risada porque não sei. Só sei que tive aquela vontade de “quero mais”…

Ao me abraçar, você me passou aquela maravilhosa sensação de cuidado, carinho e companheirismo. Tudo que eu precisava no momento era alguém que me pegasse no colo e beijasse minha testa, poder encostar minha cabeça no peito de alguém e saber que esse alguém poderia acalmar minhas enormes tempestades.

Eu precisava de alguém… E naquele abraço você apareceu para mim.

Se existe esse lance de destino, eu te falo que ele nos fez um para o outro. Se existe esse negócio de corda invisível no dedo da alma gêmea, eu te conto que nossas cordas se encontraram.

Se existe todo esse mundo maravilhoso, eu te digo que você é muito melhor que ele.

Minha alegria aumentou ainda mais quando eu soube que você queria ser tudo que eu precisava.

Ah! Como fiquei feliz ao saber que você cuidaria de mim, me acalmaria no meio das tempestades e que seria eternamente meu.

Aquele abraço iria virar casa, aquele sorriso iria virar razão e aquele olhar ia virar mar.

Sim, você foi assim! E creio que ainda é, mas não comigo.




Você me deu carinho, me cobriu quando senti medo; você me abraçou quando eu chorei e fez de tudo um pouco por mim.

Você foi terra, céu e mar, você foi música e luar, você foi o meu sol.

Se eu tivesse asas voaria para os teus braços. Se eu tivesse uma máquina do tempo eu voltaria para aquela briga e pediria desculpas. Se eu tivesse tempo iria superar.

Eu deveria te ligar? Deveria te desejar?

Me diga o que eu deveria fazer! Porque lembrando daquele primeiro dia, em que você me abraçou e me deu sustentação; eu percebo que sinto falta.

Sou doente por isso? Acho que sim…

Se os gênios existissem, eu pediria para poder voltar pros teus braços, nem que fosse por um único dia!

Eu viveria da melhor forma possível ao seu lado em 24 horas, sorriria, sentiria aquilo que senti e que se foi junto com você.

Eu sentiria você, uma última vez….

Estou vendo que minha vida está girando ao redor de “se’s” mais impossíveis que um novo céu.
Por isso, ao acordar hoje; vou me olhar no espelho com um vasto sorriso e dizer o quanto sou linda para mim mesma! E essa será a última carta que vou te escrever, porque eu mereço viver outras coisas e ser feliz!!!

Vou conhecer outras pessoas, sonhar outros sonhos e sentir outros sentimentos.

Eu mereço, né?


Leia também esse texto, você vai AMAR com certeza: Quando se ama alguém

Saiba um pouco mais a respeito da Bia Civa clicando aqui.

Eu também sou colunista de outros blogs, dá um pulinho lá para conferir: Que Me Transborde / Superela /  Recalculando a Rota.

The following two tabs change content below.

Tiffany Guimaraes

Tiffany Guimaraes paulistana, dona do blog Mundo Aleatório; Ama a leitura e a escrita desde que aprendeu a ler. Apaixonada por animais e poemas, sonha em cursar Jornalismo.

Latest posts by Tiffany Guimaraes (see all)

Comments

comments

1 thought on “Vou esquecer de tudo o que senti por você”

Comments are closed.