Descobri que me quero muito mais do que te quis

Descobri que me quero muito mais do que te quis…

Talvez eu nem lembre mais de você, ou talvez eu só esteja fingindo que não sei mais da sua vida. Criei esse costume, de mentir para mim mesma sobre você. Aprendi a te ignorar e bloquear qualquer sentimento que viesse de você, fosse ele amor ou qualquer outra coisa. Acho que aprendi isso por saber que você não merecia.

Talvez eu devesse fingir que não descobri que você deletou meu número, assim como me deletou da sua vida, antes mesmo de eu tentar fazer parte de você.

Talvez você até me veja na sua rede social. Quem sabe até lembre de nós, ou o que eu acho mais provável, você não se lembre nem mesmo do meu nome.

É engraçado como algumas pessoas realmente parecem aqueles furacões. Elas entram na sua vida, fazem uma bagunça danada… Uma bagunça daquelas difíceis de organizar depois! Pessoas que chegam e simplesmente somem. Você foi assim: Passou por mim! Hoje somos apenas dois estranhos que não se reconhecem mais. Somos apenas duas pessoas comuns que vivem sentimentos comuns e que esqueceram do grande amor que compartilharam.




Hoje olho suas fotos com sua namorada e me sinto normal. Sei que lá no fundo ainda dói, mas não tanto quanto antes. Hoje sei que prefiro mil vezes sua felicidade. Aquela fase de te querer de todo o jeito pra mim, passou.

Eu já não penso mais em nós, já não penso mais na gente. Penso em você como alguém que me fez bem, penso em mim como alguém que te fez sorrir algumas vezes, penso naquele tempo e o resumo como uma aventura passageira e não um romance duradouro. Eu já não faço planos de um dia te reencontrar. Apenas acredito que um dia te verei, vou sorrir, não por saudades, mas por constatar que a gente junto não existe nem no dicionário, nem na realidade.

Tenho a certeza de que tudo que aprendi foi: Desejar amor, responder com amor, agir com amor… Mesmo quando alguém não pareça merecer isso.

Não que você não mereça, mas admita que fez de tudo para que assim eu pensasse. Fez de tudo para não merecer, mas eu amadureci… E junto com tudo isso veio o “saber” que às vezes é melhor deixar pra lá coisas que não acrescentam ou não somam mais nada. Você não acrescentou nada em mim, apenas deixou o pó de um quase amor, um quase casal, um quase sentimento.

Esse “quase” me fez descobrir que existem muitos amores verdadeiros nesse mundão afora. Muito mais do que eu imaginava!! Existem sorrisos diversos, olhares intensos e abraços muito mais protetores que os seus. Descobri que você não é o único cara com olhos verdes. Descobri que posso ir muito mais além do que fui por você. Posso sentir muito mais intensamente do que sentia por você.

Descobri que não te quero mais, e assim descobri, que me quero muito e muito mais.


Leia também esse texto, você vai AMAR com certeza: Quando se ama alguém

Saiba um pouco mais a respeito da Bia Civa clicando aqui.

Eu também sou colunista de outros blogs, dá um pulinho lá para conferir: Que Me Transborde / Superela /  Recalculando a Rota.

Bia Civa

Bia Civa, 19 anos, mora em Mato Castelhano/RS, canceriana, apaixonada por livros, música e violão, gosta das coisas simples da vida, um abraço apertado, um perfume, um beijo ou até mesmo um aperto de mão.

2 comentários em “Descobri que me quero muito mais do que te quis

Os comentários estão desativados.