Você superou tudo tão rápido

Você superou tudo tão rápido.

Eu sempre tive uma fixação estranha pelo céu, pelas estrelas, pelo Universo. Sempre amei aquela coisa de fins e começos inesperados. De amar as coisas intensamente… E amei ainda mais quando isso começou a significar você.

Lembro-me bem de quando eu estava olhando o céu escuro no meio da noite do parque, nem sei porque estava ali. E observei a serenidade das estrelas cadentes enquanto caiam para seus próprios fins. Você apareceu naquele momento, quando eu pedi um amigo, um parceiro, um companheiro…

Seu sorriso iluminou tudo como a lua no alto céu. Seus olhos azuis possuíam as maiores estrelas de todo o Universo… Parecia que elas brilhavam cada vez mais enquanto conversávamos.

Eu me apaixonei tão rapidamente pelo seu jeito doido, pelo seu estilo Chapeleiro no País das Maravilhas… Em como você aceitava a Padawan que tinha na frente. Sempre achei lindo seu jeito de chamar as pessoas por pronomes de tratamento devido as suas posições. Sempre adorei a forma que você me chamava de “dama” e da forma que você aceitava minha teoria da vida ser uma peça escrita por você mesmo.

Éramos tão belos juntos. Éramos como Romeu e Julieta e seus dramas, como a Bela e a Fera! Só que soubemos inverter os papeis da história, éramos tudo e nada.

Tudo em nossos mundos virava um cataclismo sem fim, mas se juntássemos nossos universos tudo virava um Oasis; nós nos completamos.

Quando você me olhava, aquilo era tão singelo e profundo. Seus olhos viravam o oceano que possuía um azul exuberante, precisava somente de um porto seguro. Eram olhos de um mar furioso, que engolia os pequenos problemas e devorava o cataclismo de si mesmo.

Você dizia que os meus olhos de mel eram o seu porto seguro. Mas nunca soube como eu me sentia dentro de seu abraço; você acalmava meu Universo que colidia com meus pensamentos. Você me dava paz e amor.




E sempre amei isso em você querido, esse seu jeito de viver intensamente, você era intenso… Você era perfeito, seus olhos eram perfeitos, você era tudo que eu tinha.

Mas tudo acaba na caída da estrela cadente, exatamente como eu vi milhares de vezes com você… Como nas melodias de ‘The Scientist” e “Fix You” que eram tão decadentes.

Como uma estrela cadente, nós caímos e você conseguiu se levantar antes de mim; me dando um chute nas canelas e partindo.

Te ver nas ruas da cidade com outro alguém me dói muito. Você superou tudo tão rápido, suportou toda a dor tão rápido. Meus amigos me dizem que também serei feliz assim mas nunca consegui esquecer seus olhos azuis.

Não consigo esquecer de como eles combinavam com os meus, e de como você me fazia gargalhar. Eu queria tanto que você entendesse isso, mas acho que eu preciso de alguém mais calmo. Preciso de um Chapeleiro que goste de parar para tomar um belo café ou uma xícara de chá ao invés de correr para o quarto.

Eu preciso esquecer a violência do seu mar e do seu jeito de me amar. Preciso começar a aprender a nadar nos meus próprios mares, preciso esquecer que o seu mar me cativou e tenho que amar o meu oceano de vida.

Preciso seguir as estrelas que tanto amo. Quero seguir as estrelas do meu coração para ser guiada ao meu amor verdadeiro… E se ele for eu mesma: melhor ainda, pelo menos eu nunca darei um chute em mim mesma.

Agora, hoje, estou dentro de meu navio seguindo as marés do meu coração para ver novas estrelas… E erguer a minha estrela que nunca mais vai cair.


Leia também esse texto, você vai AMAR com certeza: Te encontrei por aí

Eu também sou colunista de outros blogs, dá um pulinho lá para conferir: Que Me Transborde / Superela /  Recalculando a Rota.

Tiffany Guimaraes

Tiffany Guimaraes paulistana, dona do blog Mundo Aleatório; Ama a leitura e a escrita desde que aprendeu a ler. Apaixonada por animais e poemas, sonha em cursar Jornalismo.

2 comentários em “Você superou tudo tão rápido

Os comentários estão desativados.