Moça, você é tudo isso sim (e mais um pouco)

Moça, você é tudo isso sim (e mais um pouco).

Olá mocinha, tudo bem com vc? Está na hora de termos uma conversa bem séria, afinal, nos últimos dias você parece ter esquecido o quanto você é incrível!

Portanto sente-se. Ou se preferir, deite. Pegue uma daquelas almofadas macias que você tanto gosta, e uma lata de Coca bem gelada. Se não quiser refrigerante, então que seja um suco de melancia, laranja, acerola… Tanto faz! Pode ser até um chá, desde que seja o que você quer, e o que te faz bem.

Por sinal, esse é nosso primeiro ponto. Há quanto tempo você não faz algo porque quer? Quero dizer algo realmente seu, compreende? Pintar um quadro ou caminhar num lugar onde haja água. Assistir um filme romântico com suas amigas, ir ao salão retocar o cabelo… Quantas coisas foram deixadas para trás, não? Ultimamente você se limita a fazer o que as outras pessoas estão fazendo. E no pior dos casos, faz o que querem que faça.

E sim, eu sei que em várias situações você praticamente não tem escolha sobre ir ou ficar, mas cá entre nós: onde foi parar aquela garota atrevida e decidida? A dona dos sonhos, dos planos, dos desejos, do mundo todo. A menina que carregava nos ombros o peso da mochila e dos anos que rapidamente chegavam ao fim. Essa é a diferença; antes seus anos tinham início e fim, mas hoje eles são apenas um amontoado de dias.

Moça, você sempre decidiu o que faria com seu tempo, seu corpo, sua vida. Não pare de fazer isso. Uma mulher autêntica e definida como você não merece a prisão de acostumar-se a diariamente seguir um roteiro que nunca foi seu.

Veja estes olhos… Tão brilhantes e sorridentes. Mais parecem duas estrelas escolhidas pelos céus para enfeitar seu rosto. Você precisa ter esse brilho todos os dias. Enão apenas quando começa a se lembrar de como era bom o tempo em que o mundo parecia não pesar tanto.

Onde foram parar seus sonhos tão vivos? Sua coragem em dar de frente com tudo e todos e provar a todo custo que é mais macho que muito homem. Sua audácia em falar ainda mais alto quando tentavam gritar com você, sua determinação em fazer simplesmente para saber que foi você a responsável por tudo.




E quanto a esta falta de fé devido à sucessão de idiotas que adentraram seu coração sem a intenção de permanecer do lado de dentro? Meu bem sei que é clichê, mas quem perdeu a oportunidade de estar ao lado de uma pessoa extraordinária foram eles. Se há algo a lamentar, então que seja lamentado por quem perdeu, e não por você, que a cada queda levanta-se mais forte, bonita, crescida e mulher. Não permita que as dores trazidas pelas (infelizmente) incontáveis experiências ruins sejam capazes de lhe travar o sorriso mais bonito.

É preciso lembrar que sereias às vezes nadam em meio a um mar de rosas. Ou seja: elas nadam entre pétalas perfumadas e espinhos afiados simultaneamente. Não é a coisa mais bonita nem mesmo mais legal para ler, mas é verdade. A mesma flor que embeleza uma noiva é responsável por furar os dedos de quem a segura.

Então moça, hoje eu vim aqui para lhe lembrar de quantas vezes você passou a noite em claro com cólica, e mesmo assim foi trabalhar no outro dia. Quantas vezes seu chefe berrou aos quatro ventos sobre o serviço que deu errado e que sem motivo algum decidiu pôr a culpa em você… E mesmo assim, você retornou ao seu lugar e trabalhou como se nada tivesse acontecido.

Vim te fazer pensar sobre quantos caras a iludiram da maneira mais perfeita que puderam, e o máximo que conseguiram foi lhe arrancar algumas lágrimas, pois mesmo ferida, você permaneceu viva.

Moça, eu vim aqui pra que você se lembre de como seus pais foram duros ao dizer aquelas palavras horríveis sem saber que seu dia fora péssimo. E que mesmo desmoronando por dentro, você se manteve intacta por fora. Vim trazer á tona os joelhos ralados, maquiagens borradas, porres de álcool por conta de demissões… Finais de semana sem dizer uma palavra por descobrir a traição do namorado, desaforos no trânsito por ser mulher. E todas as coisas ruins que você já enfrentou ao longo de todos estes anos só para dizer:

MOÇA, VOCÊ É TUDO ISSO SIM!

E mais um pouco.

Você é tudo isso, pois quando lhe tiraram o chão, você voou, mesmo sem asas. E quando lhe lançaram ao fogo, você dançou com as chamas; ao ver-se frente um abismo você pulou, mesmo sabendo as consequências da queda. E quando à sua frente surgiu um oceano de emoções e todos esperavam seu retrocesso, você nadou, e surpreendeu chegando ao outro lado.

Moça, você é incrível, e não há nada que possa mudar isso. Não se permita apagar o sol que há aí dentro por conta das trevas da vida. Lute, relute e vença, pois isso é o que de melhor você faz.


Se você gostou desse texto da Raquel Gonçalves, deixe seu comentário <3 E olha, tenho certeza que você vai AMAR esse texto também: Vou esquecer de tudo o que senti por você

Eu também sou colunista de outros blogs, dá um pulinho lá para conferir: Que Me Transborde / Superela /  Recalculando a Rota.


“Lembrar de você não dói mais. Pensar em você é como lembrar de uma piada tola… A gente dá uma risadinha e logo esquece.” – Hugo Ribas

The following two tabs change content below.

Raquel Gonçalves

Raquel Gonçalves, Ela é a menina que grita em silêncio, e desenha em palavras o uni-verso. A Deus tudo atribui e, dele, tudo recebe. Sempre flutuando em outros mundos, mas com os pés fixos neste aqui. Como canta Ana Carolina: “é que eu sou feita pro amor da cabeça aos pés, e não faço outra coisa se não me doar”.

Latest posts by Raquel Gonçalves (see all)

Comments

comments

Raquel Gonçalves

Raquel Gonçalves, Ela é a menina que grita em silêncio, e desenha em palavras o uni-verso. A Deus tudo atribui e, dele, tudo recebe. Sempre flutuando em outros mundos, mas com os pés fixos neste aqui. Como canta Ana Carolina: “é que eu sou feita pro amor da cabeça aos pés, e não faço outra coisa se não me doar”.

Um comentário em “Moça, você é tudo isso sim (e mais um pouco)

Os comentários estão desativados.