Qual o sentido desse acaso chamado Vida?!

Qual o sentido desse acaso chamado Vida?!

Enquanto vivos, sentimos as coisas de uma forma diferente a cada manhã; conforme vivemos, as memórias de um abraço apertado ou de um beijo vão embora com os ventos do tempo.

Durante as nossas vidas, a gente se olha no espelho e quer mudar tudo!

E em muitos momentos nós queremos entender o sentido de tudo isso. O sentido dessa grande acaso que chamamos de vida… Queremos entender o porquê de sermos o que somos e de agirmos como agimos.

Alguns dizem que a vida é o grande acaso, outros que é uma grande obra de arte…  Alguns dizem que é um grandioso poema. E não importa o quanto isso não tem sentido.

Depois de muitos momentos complicados, depois de muitos medos e de muitas dores vividas por nada; eu percebi que o sentido da vida está no que te faz eternamente feliz. Não precisa ser perfeito, mas precisa ser alegre.

Nós já somos tóxicos demais, não podemos piorar as coisas.

Se você gosta de tocar um violão, toque! Se curte dançar no quarto enquanto ouve aquela música alta te faz sorrir e pular, dance.

Se para você, escrever e contar as coisas de uma forma maluca ou séria é a melhor forma de viver a vida. Faça isso! Escreva.

Até mesmo se “aquela companhia” vale a perda do sono ou vale a espera de uma hora no ponto, tudo bem…



Não perca mais tempo, faça o que te faz feliz. Que seja pular junto com uma galera desconhecida em um show, cantar Supercombo alto no parque ou esperar alguém, mesmo que essa pessoa esteja atrasada. Quando a coisa vale a pena, o mundo pode até cair que tudo ainda vai continuar valendo a pena.

Precisamos somente daquilo que nos faça bem, do ruim já temos de monte não é mesmo?

De pessoas infelizes o mundo já está mais do que cheio. De dores o mundo já está lotado e de perdas a vida já está cansada.

Nós é que definimos o sentido da vida. As dores nós sofremos, é inevitável. As perdas também. Cuidar das feridas e cicatrizá-las, é nosso papel!

A vida não precisa ser chata e monótona, ela precisa ser legal e aproveitada. Então vai pular no meio da galera, vai pular na piscina sem roupa de banho, vai virar a noite conversando com os amigos, vai andar até as 2h da madrugada com aquela galera ou vai tocar as suas músicas favoritas na guitarra até os dedos ficarem com calos.

O importante é ser feliz de verdade, o importante é que o sentido está no seu sorriso de satisfação no final do dia.

O sentido da vida está em ser feliz.


Deixe sua opinião ou seu desabafo, conte sua história nos comentários abaixo, vou respondê-los com todo carinho <3

Se você gostou deste texto da Tiffany Guimaraes, leia este aqui, você vai AMAR com certeza: Eu me afastei… E isso me fez bem

Eu também sou colunista de outros blogs, dá um pulinho lá para conferir: Que Me Transborde / Superela /  Recalculando a Rota.

Tiffany Guimaraes

Tiffany Guimaraes paulistana, dona do blog Mundo Aleatório; Ama a leitura e a escrita desde que aprendeu a ler. Apaixonada por animais e poemas, sonha em cursar Jornalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *