Quando a gente aprende a viver

Quando a gente aprende a viver

Eu acredito que depois de um certo tempo a gente passa a entender as lições que a vida quer nos ensinar… Ao invés de lutar contra tudo e todos a gente entende que a vida é uma imensa caixinha de surpresas. O que é pra acontecer, simplesmente acontece e a gente não tem muito como lutar contra.

Depois de um certo tempo a gente entende que a vida nem sempre parece justa. Mas que a nossa colheita é exatamente proporcional àquilo que semeamos um dia. A gente entende que mesmo com todas as dificuldades, a vida é boa de se viver. Chega uma hora que a gente aprende que mesmo no meio das dúvidas é importante seguir em frente. A gente entende que precisa ser honesto com a gente mesmo. Existem discussões que não valem a nossa paz.

A gente aprende que ganhar dinheiro não é tudo na vida e que estar junto é melhor que lamentar os problemas sozinho. Depois de um tempo a gente aprende que superar o passado é a melhor forma de se viver o presente. A vida é mesmo tão curta e única. A gente se dá conta que o importante é traçar seu próprio caminho, sem comparações com as bagagens alheias.

Logo a gente entende que existem coisas na vida que a gente não pode resistir, como um chocolate ou um amor novinho em folha. A gente aprende que não importa se a situação é boa ou ruim, pois ela sempre pode mudar. A gente entende que nunca é tarde para ser feliz. E que essa felicidade depende única e exclusivamente de nós mesmos.




Depois de um tempo a gente aprende que nada é pra ser guardado, nem roupas, nem lençóis, nem amores, nem abraços. O presente é mesmo hoje. A gente aprende que o perdão é a atitude mais libertadora e transformadora que existe. A gente entende que o que as outras pessoas pensam é problema exclusivo delas. Depois de um tempo a gente aprende que tudo é um verdadeiro milagre… O tempo é o melhor remédio pra qualquer dor.

Então você aprende que nada é maior do que as suas experiências e os seus sentimentos. Afinal de contas o melhor é sempre o que ainda está por vir. A gente entende que as grandes conquistas começam com pequenos esforços e que tudo coopera para a nossa evolução. Depois de um tempo a gente percebe que pode ganhar sempre, mas que nem toda luta merece o nosso empenho.

Depois de um tempo a gente aprende que estar sempre certo não tem graça nenhuma… Sorrir sem motivo aparente faz um bem danado. A gente entende que fazer o outro feliz também é uma forma de felicidade. As boas recordações são aquelas que podemos dividir.

Depois de um tempo a gente aprende que nem sempre podemos voltar atrás. De certa forma isso é bom também. Depois de um tempo você entende que Deus está sempre por perto, basta sentir. Assim a gente entende que respirar fundo faz bem e que esquecer de coisas e pessoas é melhor ainda.

Depois de um tempo a gente aprende que viver não é ter sempre certeza… Um friozinho na barriga de vez em quando é bem motivador. A gente entende que nada precisa ser eterno. A graça da vida está no percurso e não exclusivamente nas chegadas.

Enfim, a vida é muito mais linda nos acasos do que nos planos. Então você aprende a fazer de todos os dias um presente. Você realmente entende que aprendeu a viver e do jeito mais bonito possível… De um jeito feliz.


Deixe sua opinião, conte sua história ou seu desabafo nos comentários abaixo, vou respondê-los com todo carinho, afinal de contas todos nós temos nossas dores e doçuras emocionais <3

Então se você gostou desse texto da Gisele Ribeiro, deixe seu comentário <3 Enfim, tenho certeza que você vai AMAR esse texto também: Será que você tem medo de ser você mesmo?!.

Eu também sou colunista de outros blogs, dá um pulinho lá para conferir textos ainda mais lindos: Que Me Transborde / Superela /  Recalculando a Rota.

Gisele Ribeiro

Gisele Ribeiro, Gaúcha - Gremista - Escorpiana. Jornalista e Relações Públicas, mora em Caxias do Sul, RS. Apaixonada por livros, música, poesia, chimarrão e cachorro. As coisas simples a encantam e as palavras a transborda.

3 comentários em “Quando a gente aprende a viver

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *